Artigo

Atuação do Brasil no Mercado Internacional de Uvas e Vinhos

Loiva Maria Ribeiro de Mello

No mercado internacional vitivinícola, o Brasil se caracteriza como um país importador, especialmente de vinhos finos e uvas passas. Até meados da década de 80, as exportações eram insignificantes, embora já a partir da década de 1970 o suco de uvas brasileiro passasse a ingressar no mercado externo, com participação, sempre crescente.

Como se observa na Tabela 1, no qüinqüênio 85/89 as exportações brasileiras somavam 9,8 milhões de dólares anuais, evoluindo para 30 milhões anuais no qüinqüênio 95/99. Entretanto a evolução das exportações deste período foram contrastadas por um aumento proporcionalmente superior ao verificado nas importações que evoluíram de 22,6 milhões de dólares anuais no período para 94,3 no segundo acentuando o déficit deste balança que atingiu 64,3 milhões de dólares.

Tabela 1. Balanço das Exportações e Importações de uvas, sucos de uvas, vinhos e derivados : Valor em U$ 1,000.00 (FOB) – BRASIL – médias de 1970/74 à 1995/99.

Qüinqüênio

70/74

75/79

80/84

85/89

90/94

95/99

Exportações







Uva de Mesa

6

40

707

2.191

7.812

7.248

Suco de Uva

994

1.206

2.858

5.514

9.122

11.437

Vinhos de Mesa

121

831

642

1.737

8.606

10.297

Vermutes

26

97

93

245

66

574

Vinagre de Vinho

7

79

221

206

431

476

Total export. (US/FOB)

951

2.253

4.521

9.844

26.038

30.034

Importações







Uvas Frescas

1.657

2.912

1.787

3.727

7.719

19.960

Uvas Passas

2.267

5.268

5.559

8.752

11.604

18.650

Vinhos de Mesa

1.824

6.624

4.744

8.353

18.714

46.264

Vinhos Espumantes

210

215

404

575

1.370

7.715

Suco de Uva*

3

3


1.474

443

2.075

Total import. (US/FOB)

5.959

15.021

12.494

22.586

39.850

94.334








Exp. Menos Imp.(US/FOB)

-5.090

-12.768

-7.973

-12.742

-13.812

-64.300

* Procedentes da Argentina

Fontes : DECEX/C.T.I.C.

No item uva passa, o Brasil é totalmente dependente do mercado externo o que representa, parcela significativa na composição deste balanço. Vale destacar também as crescentes importações de uvas frescas e de vinhos finos de mesa agravadas pela abertura do mercado. A participação dos vinhos importados em relação aos vinhos de viníferas comercializados no país representou 46,1%, em 2000. O equilíbrio no balanço internacional da cadeia vitivinícola tem grandes perspectivas de ocorrer a médio prazo, através dos investimentos que estão sendo realizados na obtenção de uvas sem semente, a serem produzidas especialmente em regiões tropicais, onde é possível se produzir em qualquer época do ano, com grande potencial de colocação no mercado externo e pelos novos plantios de uvas para vinho tanto na região tradicional, quanto em pólos emergentes em regiões não tradicionais, que deverão reduzir significativamente as importações de vinhos finos.

Em 2000, o déficit do balanço comercial de uvas, vinhos e derivados somou 70,1 milhões de dólares (Tabela 2).

Tabela 2. Balanço das Exportações e Importações de uvas, sucos de uvas, vinhos e derivados : Valor em U$ 1,000.00 (FOB) – BRASIL - 1998/2000.


1998

1999

2000


Quant.

Valor

Quant.

Valor

Quant.

Valor

Exportações







Uvas Frescas (t)

4.405

5.823

8.083

8.614

14.343

14.605

Suco de uva (t)

6.479

12.373

7.815

15.108

8.784

13.811

Vinhos de mesa (1.000l))

7.750

5.513

6.766

4.074

6.289

3.463

Vinhos Espumantes (1.000 l)

3

6

773

316

266

238

Total Export. (US/FOB)


23.715


28.112


32.117








Importações







Uvas Frescas (t)

26.492

28.733

8.599

8.461

9.903

9.066

Uvas Passas (t)

15.447

20.764

16.016

20.084

14.929

16.230

Vinhos de Mesa (1.000 l)

22.765

54.453

26.415

62.287

29.288

65.333

Vinhos Licorosos (1.000 l)







Vinhos Espumantes (1.000 l)

1.379

11.416

2.033

14.816

1.843

11.411

Suco de Uva (t)*

4.410

3.197

2.465

2.078

2.053

169

Total Import. (US/FOB)


118.563


107.726


102.209








Exp.menos Imp.(US/FOB)


(94.848


(79.614


(70.092

* Procedentes da Argentina

Econ.,Ms - Embrapa Uva e Vinho, CEP 95700-000 Bento Gonçalves, RS, e-mail loiva@cnpuv.embrapa.br